Enfermagem 


A enfermagem é uma prática social, historicamente determinada, ou seja, uma profissão existente no Brasil desde a década de 1920 e que vem buscando ampliar seu reconhecimento enquanto uma carreira na área da saúde.

O Curso de enfermagem da FAEF visa formar um enfermeiro generalista, humanista, crítico, reflexivo e investigativo, com competência técnico-científica, ético-política, social e educativa, consciente de sua importância no processo de construção de uma sociedade democrática, justa e igualitária, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), datadas de 2001 para a enfermagem.

Durante os anos de graduação o estudante irá desenvolver habilidades, atitudes e conhecimentos em diversas áreas de competência:

Área do cuidado em saúde:

- desenvolve ações em consonância com os princípios da universalidade, equidade, integralidade do cuidado conforme proposto pela lei 8.080 que regulamenta o SUS;

- desenvolve atividades profissionais com eficácia junto ao indivíduo, família e grupos sociais, observando as especificidades locais, regionais e nacionais de saúde;

- reconhece contextos, através da identificação de necessidades de saúde, intervindo no desenvolvimento de ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto no cuidado individual quanto coletivo;

- considera as ações de enfermagem realizadas fundamentadas em princípios da ética e bioética;

Área da gestão dos serviços de saúde:

- constrói novas relações no processo de trabalho e no contexto social, favorecendo a resolutividade das ações em saúde;

- organiza os serviços de modo a contribuir com mudanças nos perfis epidemiológicos das populações;

- responsabiliza-se, como membro da equipe de saúde, agindo como sujeito do processo de formação dos profissionais de enfermagem e demais carreiras da saúde, qualificando o cuidado;

- utiliza as tecnologias propostas nos serviços de saúde para o exercício profissional, na busca de dados e informações úteis às suas atividades;

- gerencia e assessora órgãos, empresas e instituições na elaboração e implementação de projetos e políticas de saúde.

Área da educação em saúde:

- aprimora o raciocínio científico; 

- participa de pesquisas, divulgando seus resultados e produzindo conhecimentos que sustentem e aprimorem a prática da enfermagem.

   - compreende as dimensões do cuidado nos diferentes níveis de atenção a saúde, desde a atenção básica até o hospitalar.

 - desenvolve estratégias teóricas e metodológicas que permitam a superação de limites encontrados na prática, tendo uma visão crítica e reflexiva da realidade, e entendendo sua constante transformação;

 - repensa as relações entre a enfermagem e o exercício da cidadania, discutindo e articulando-as enquanto instrumentos de construção de uma sociedade justa, concebendo que saúde é direito de todos.